Código: 6580

LP Eric Clapton Live In San Diego With JJ Cale Triplo

Marca: Elusive Modelo: REPLP91854 Referência: LP6580


Por:
R$ 284,00

ou 18X de R$ 20,65 sem Tarifa

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

Live in San Diego (alternativamente comercializado como Live in San Diego with special guest JJ Cale) é o décimo-terceiro álbum ao vivo do cantor e compositor inglês Eric Clapton, lançado em 30 de setembro de 2016 pela Reprise Records.

Entre os artistas especialmente convidados do álbum, estão JJ Cale, Robert Cray, Doyle Bramhall II e Derek Trucks. O álbum ao vivo marca a segunda colaboração de Clapton com Cale após The Road to Escondido, lançado em 7 de novembro de 2006. Além disso, o álbum contém a primeira gravação ao vivo de Clapton/Cray desde 24 Nights (1991). Live in San Diego foi distribuído em diversas plataformas digitais, incluindo ainda as versões em CD e vinil.

O concerto que deu origem ao álbum ocorreu em 15 de março de 2007 no iPayOne Center, em San Diego, Califórnia, Estados Unidos, durante a turnê "Doyle & Derek World Tour". O concerto ocorreu durante a turnê "Doyle & Derek World Tour", que Clapton performou durante dois anos com Doyle Bramhall II e Derek Trucks de 2006 a 2007, terminando no Crossroads Guitar Festival de 2007, ocorrido no Toyota Park de Chicago. A captação de áudio e vídeo teve início em 15 de março de 2007, durante o concerto no iPayOne Center, em San Diego, Califórnia. Antes de performar com Cale no local, Clapton afirmou: "Esta é a realização do que pode ser a minha última ambição: trabalhar com o cara cuja música me inspira desde que posso me lembrar."


JJ Cale e Eric Clapton.
O crítico George Varga, escrevendo para o San Diego Union Tribune, observou: "O concerto de quinta-feira foi a data para uma aparição de Cale, que é há anos um grande ídolo de Clapton. Lado a lado com Derek Trucks e Doyle Bramhall, Clapton e Cale cantaram e tocaram juntos algumas obras-primas como 'After Midnight' e 'Cocaine'."

O público de 10.911 pessoas gerou renda de mais de 837.500 dólares em ingressos.

O guitarrista Doyle Bramhall II afirmou em entrevista à The Wall Street Journal que estava "trabalhando em meio a uma turnê quando Eric trouxe JJ para o show em San Diego, então foi como se estivéssemos em uma banda pronta para tudo; Eric e JJ poderiam deixar rolar sem se preocupar com nada além da mágica que estavam criando". Quando perguntado sobre a performance, Bramhall II comparou-a a "uma orquestra de guitarras" e acrescentou: "Foi uma energia muito alta e eu lembro de sentir-me como se estivesse em uma montanha-russa".

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características